Blog Coccinella

Diferente. Divertida. Feminina. Autêntica.

Namorado Panda: Dia chuvoso, saudade e porrada!

Faziam dois dias que não via meu namorado. Ok, nem é muito. Mas de qualquer forma estou aqui hoje para contar como eu e o panda matamos nossa saudadinha.

Estávamos aqui namorandinho no sofá da sala (lê-se o panda estava me atentando ao extremo com cócegas, enfiando o dedo na minha orelha e afins, enquanto eu dei alguns tapas e soquinhos no corpo sensual dele). Fiz brigadeiro e tentamos assistir um filme, porém ele disse que era chato o que eu tinha escolhido. Poxa ):
Fomos assistir Os Simpsons, me estiquei pra digitar algo qualquer no notebook e apareceu a coisa mais sensual do meu corpo: o meu cofrinho. Ele deu aquela risada sem graça, olhou pra tv e depois de algum tempo pensando disse:
– Amor, você é o Homer.

Ok, pausa pra reflexão.
Homer: amarelo, poucos fios de cabelo, olhudo, barrigudo e idiota.
O que eu faço? Sento e choro?
Não, ele explicou o porque. Disse que foi pelo meu cofrinho que apareceu que nem o do Homer.
Vai gente, essa passou.

Saímos pra comer. Comi bem linda meus 15 cm de sanduíche e meu cookie (Oi, regime. Cadê você?) e meu lindo foi no banheiro fazer o number one (eu acho). Rapidamente troquei meu saquinho de cookie pelo dele hehe. Ele chegou todo faceiro e foi pegar seu cookie e cadê? HEHE.
Olhou pra mim com cara de: “Caralho! Comeu meu cookie! Me fodi, quem mandou eu namorar uma gorda?”
Ok, não foi assim. Eu devolvi e ele só ficou de olho se eu ia roubar a coca dele também ):
HAUHAUHUAHA

Quando a gente tava voltando, NA CHUVA, passamos por um lugar que sempre tem a calçada molhada. Não sei o que é, não sei se mijam ali todo dia… sei lá. Só sei que SEMPRE tá molhado. De repente eu escuto meu parceiro amoroso dizer:
– Até em dia de chuva isso aqui tá molhado, vê se pode!
Lembro do dia que ele deu tchau pro nada, e falo:
– Não vai dar tchau pro seu amigo ali no cemitério.
– Peraí, acho que ele tá dormindo. A luz tá apagada.

Oi, esquizofrinia! Mas tudo bem, gente. Ele aguenta minha TPM, merece meu respeito. Apesar dele ter ficado falando que eu tenho vergonha dele quando ele arrota na frente de velhinhas andando de sombrinha por aí e que eu maltrato ele. Outra coisa boa dele é que ele é um grande observador. Tanto que ficou observando tão atentamente minha espinha que não prestou atenção no que eu falava. Não que fosse importante, mas né.

A gente supera tudo isso porque ele tá namorando uma gorda com espinhas e não reclama. Até fala que me ama, own.
A gente demostra saudade de um outro jeito, né? Mas tá valendo!

 

 

Beijo, queridos e queidas, da namorada do Panda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 17/07/2012 por em Papo Amiga e marcado , , , , .
%d blogueiros gostam disto: